Competir ou não, eis a questão

Não quero competir!

Quem não tem um friozinho na barriga antes da competição?  Quem não começa nervoso aquele jogo importante? Gente, esse é o drama de não querer competir, é normal e muita gente tem várias desculpas para não competir, inclusive isso se aplica a mim hoje em dia.  Como é fácil arrumar uma razão logica para não competir:

1) Não estou preparado ;
2) Não tenho parceiro (mais no Beach Tennis)
3) Não tenho tempo ;
4) Quando melhorar meu físico eu vou competir;
5) Quando eu melhorar minhas costas, joelho, quadril, ombro, pulso, etc;
6) Não tenho dinheiro para competir;
Todas são desculpas válidas.  E posso dizer que das 5 acima eu me enquadro em pelo menos 3 ou 4.
O que fazer?  Continuar com o pensamento negativa e se enganar ou mudar?
1) Vou competir no mês de XXX.  Ou vou competir, 1 x por mês.;
2) Vou me preparar e para isso vou treinar, e conseguir um parceiro (a).;
3) Vou arrumar tempo e para isso vou assistir menos televisão, e ou parar de trabalhar aos finais de semana, por exemplo;
4) Vou começar a fazer físico hoje. Talvez contratar um personnal ou fazer algo light 20 minutos todos os dias;
5) Consulte um médico especialista em medicina esportiva;
6) Jogue torneios locais, mais baratos.
Voltar a competir é como por um carro que parou na garagem por muitos anos para andar outra vez. É um processo demorado e, às vezes, complicado.
Mas se você nunca competiu e tem medo de competir o que fazer?
– Decida se você quer mesmo competir ou se isso é algo que seu marido, pai, colega, treinador apoiem que você faça;
Se for isso mesmo, legal, se prepare:
– Arrume um treinador e inicie os treinamentos;
–  Arrume um parceiro se for jogar dupla ;
– Logo antes da competição , durma cedo antes do jogo ;-
– Pratique meditação e visualização
– Chegue cedo no jogo para esquentar
– Baixe suas expectativas:  mantenha a perspectiva do jogo. Você está ali para aprender e não é  obrigado a fazer bonito, vencer.  E por que não se divertir e conhecer novos amigos e lugares?
Me lembro meu primeiro jogo de tênis.  Tinha 10 anos e joguei um torneio de adulto. Tomei 6/0 6/0 e sai chorando da quadra.  Método difícil de aprender? Sim, mas era o que existia na época.    Tive muitas derrotas sofridas, que me ajudaram a aprender a competir, que é importante não só para o Tênis ou Beach Tennis, mas para a vida. Até hoje não gosto de perder, mas quem gosta?
Coragem e vamos competir para aprender mais sobre o esporte!
Compartilhe!

One thought on “Competir ou não, eis a questão

Deixe uma resposta