A importância da família

A importância da família
Quem duvida que a família é o pilar da sociedade? Muitas equipes viram uma grande família. Arriscaria dizer, às vezes até mais unidas que uma família convencional, pois existe um objetivo comum. Como diz meu primo, tem que existir um plano vencedor e não um plano perdedor na família.
A família dos esportes
O Brasil tem tradição no vôlei, tive o previlégio de acompanhar uma etapa do Mundial aqui no ginásio do Ibirapuera há alguns anos.
As meninas treinavam e jogavam 8 horas por dia, sem moleza. Era nítido o espírito de equipe, união, uma grande família, e assim ganharam esta etapa do Mundial. O técnico Zé Roberto, um mago fez um trabalho magnífico e torná-la campeãs é algo gratificante. Escutei a história que ele indagou as meninas após uma série de derrotas e descobriu a raiz do problema. Corrigiu e as meninas voltaram a jogar bem. Sua família te escuta? E você? Escuta sua família?
Luiz Felipe Escolari chegou ao Palmeiras e fez algo similar meses atrás. O que mudou time? Disciplina, respeito, espírito, união, conceito de família? Acabaram de ser campeões brasileiros de 2018
Nos esportes de equipe é quase natural o sentimento familiar. Nos esportes individuais esse conceito vale também?
Acredito que sim: Veja os argentinos e espanhóis no tênis. Um puxa o outro, desde o tempo que eu jogava o circuito é assim. Na mesma linha de pensamento, os melhores tenistas têm sua equipe que viaja com eles de suporte, nessa equipe,  muitos membros são da família do atleta. Essa união ajuda nos momentos de glória, mas principalmente nas dificuldades.
No Beach Tennis é bem legal também. Pois esse espírito se alastra por vários clubes, academias e points. Gerando aquele sentimento de fazer parte que, às vezes, não conseguimos em nossas famílias de sangue.
A família do esportista
Muitas vezes a família é sacrificada pelo esportista, principalmente se os outros membros da casa não compartilham da mesma paixão. Quanta tensão, briga, situação dificil. E também têm os pais, muitas vezes uma influência positiva no jogador, mas outras ajudando o jogador a desistir do esporte por serem muito chatos e exigentes ou não ligarem. Quantos jogos meus pais assistiram de meus irmãos e meus também.
Mas por que a família ou o espírito de família é tão importante?
Segundo o blog Universidade da Vida, o fundamental do ser humano é o amor próprio e se doar com bondade. Imaginem isso no esporte? O artigo vai além e fala de renúncias e da importância do apoio. Funciona no mundo dos esportes também. O artigo fala do amor incondicional e fala no lar como um oásis aonde o assunto dinheiro e o equilíbrio são fundamentais.
Mas e no trabalho?
No trabalho você pode ter uma família também, e isso é saudável, pois você passa grande parte do seu dia no trabalho, relata Claudia Pereira no artigo no jornal O Estadão, em 2017. Ela vai além e fala da conexão com o chefe, com os companheiros de trabalho também. Digo, por que não com o coach, seu parceiro, e os colegas de treino?
Em resumo a família é o pilar da sociedade, se você tem uma que te ajuda, considere-se um afortunado. Se você ajuda sua família,como muitos fazem, mais afortunado ainda. Mas se você não tem esse privilégio, o esporte pode ajudará suprir essa necessidade ,além de ajudar na sua saúde física, também.
E você, tem uma família no esporte? Deixe seus comentários e venha treinar na nossa família de tênis e Beach TENNIS. A gente faz de tudo para você se sentir cuidado, em família.
Compartilhe!

Deixe uma resposta